3/24/2006

Alguém me explica

Alguém me explica porque é que se recomenda a amamentação exclusiva até aos seis meses de idade e a licença das mães só dura até aos quatro?
Alguém me explica porque é que todos os pediatras indicam a vacina contra a meningite meningogócica mas esta não está incluída no plano nacional de vacinação e custa mais de setenta euros?
Alguém me explica porque é que estão consagrados direitos da maternidade e da paternidade que até vêm descritos no buletim das grávidas e não são cumpridos?
Alguém me explica a quem são destinados esses direitos e quem beneficia deles?
Alguém me explica porque é que se recomenda aos pais que acompanhem as mães a consultas, ecografias e trabalho de parto e depois o acesso é-lhes vedado além de as empresas boicotarem sistematicamente a possibilidade de os homens assumirem o seu papel de pais antes e depois do nascimento dos seus filhos?
Alguém me explica porque é que as pessoas trabalham a recibos verdes cumprindo horários e obedecendo a chefias e não podem ficar doentes nem ir de férias e ainda são obrigadas a descontar para a segurança social?
Alguém me explica porque é que professoras estúpidas e retrógradas dão castigos ultrapassados às crianças e passam um ano inteiro a aterrorizá-las sem motivo algum apenas para descarregarem a sua frustração? E já agora porque é que têm emprego enquanto outras(os), muito mais competentes, andam a penar há anos? E já agora porque é que jornalistas incompetentes.....etc.....etc....etc....

2 comentários:

Horas Vagas disse...

É a idade dos Porquês, cachopa?
:-)
Isso agora... As questões são pertinentes e dão pano para mangas!!

Carla & Repolha disse...

Posso tentar ;)

- Só as pessoas desfazadas da realidade nacional recomendam a amamentação exclusiva até aos 6 meses. Penso que os pp pediatras se limitam a dizer que seria bom se for possível... Se não for não me parece que achem grave - esta mania de adoptar tudo o que a OMS diz sem primeiro verificar as condições de cada país...

- para a da meningite a minha única explicação plausível é mesmo o preço vs os poucos casos; infelizmente no que toca aos bolsos do Estado as pessoas transformam-se em números: "qtas crianças morrem por ano cá? duas??? Então não vale a pena..." Não é assim que penso, mas infelizmente há muita gente. Mas mais incrível parece-me ainda pais que não vacinam para não gastarem os 70 euros (o ano passado era qs 100, com a MeningiteC) mas que gastam 200 cts numa cama que vai durar no máximo 3 anos, que compram sempre roupinha de marca ou numa tv de ecrã plano... (conheço casos, sim...)

- Os direitos: Qd descobrires por favor partilha comigo...

- Pais: Uiiiii esta dá mesmo pano para mangas... e as ideias ainda não foram esruturadas...

- Como sou uma recibo verde verdadeira tenho uma opinião muito pouco consensual... E dá-me cá uma raiva saber que tenho que pagar aquela exorbitância de segurança social porque o Governo decidiu que essa seria uma forma das pessoas deixarem de aceitar trabalhar a recibos verdes e as empresas serem obrigadas a contratar... E que tal baixarem o IRC e o IRS que a empresa paga? Não seria um excelente incentivo à contratação??? É que eu escolhi ser recibo verde!!! Por que tenho que ser prejudicada por isso???

- Sbr professoras, ofereço-me para aterrorizar alguma ou dar-lhe um castigo hehehehe. Isso ainda acontece? Olha que hoje em dia parece-me cada vez mais o contrário...

- Ohhh gostava de responder a mais...

:) Beijos