3/20/2008

Anónimos, abutres e quejandos ou 'Eles andem aí'

Não estou a fugir ao desenvolvimento abaixo prometido. Fá-lo-ei o quanto antes. Mas como entretanto fui brindada com o gentil comentário que se segue, não consegui evitar partilhá-lo convosco e simultaneamente responder ao 'ajustado' anónimo que se deu ao trabalho de o escrever, tendo o cuidado de o deixar 4 ou 5 postas abaixo da actual, provavelmente de forma a não ser confrontado com os inúmeros e incontáveis e apenas me atingir a mim.
Caro anónimo: o facto de V/ Exª não me achar piada nenhuma em nada me afecta tendo em conta que V/ Exª não passa disso mesmo: um anónimo. A mim preocupar-me-ia o facto de alguém a quem eu achasse piada não me achasse a mim piada. Para mais, desde já lhe vou adiantando que dispenso os seus conselhos e que a sua opinião sobre os meus pensamentos e escritos é recíproca. Um grande bem-haja para si também e espero que consiga um espaço onde lhe dêem atenção e no qual consiga descarregar as suas frustrações. Que tal um blog?

anónimo disse
"não te acho piada nenhuma. Mas como há gostos para tudo, aproveita que a vida são dois dias e quando mal geridos...menos são. Mas isso é lá contigo. Aquilo que tu pensas e escreves não passam de balelas e derrotas. Faz uma instropecção à tua vida REAL e deixa-te dessa treta da vida VIRTUAL que não te leva a lado nenhum. Desajustada é o que me pareces. "
fim de (ex)citação


Agora outro assunto, bem mais importante, e que merece toda a nossa atenção e preocupação: No próprio dia do pai, a minha amiga Estrelinha e o seu marido, pai dos meus sobrinhos virtuais e simultaneamente bem reais (percebe, ó anónimo?! É possível ser os dois ao mesmo tempo, a não a ser quando se é um desses abutres de que precisamente fala a minha amiga Estrelinha que eu nunca vi mas que amo de paixão, coisa que um anónimo invejoso não pode compreender), foram privados de um direito consagrado por lei. Inúmeros e Incontáveis: mais uma vez o meu apelo é 'Bora lá fazer a puta da revolução...

13 comentários:

patrícia disse...

os anónimos existem para nos divertir, a sério, são como os bobos da corte: aparecem, fazem umas palhaçadas, nós falamos durante um bocado deles, depois rimos e esquecemos.

não te exaltes.
;D

calamity jane disse...

Oh linda, "exaltar" não será propriamente o termo. Não passa de um 'fait-divers'. Como deves calcular, é para o lado que eu durmo melhor. Muito mais me afecta o assunto referido em segundo lugar, esse sim, susceptível de me tirar o sono.
Mas já que o senhor queria protagonismo e tempo de antena, teve-o. Gosto que o povo esteja contente ;-)

Nostálgica disse...

Estes anónimos realmente, é que se dveem achar muito engraçados..

Quanto á situação da Luz é mesmo de fazer uma revolta.

Um bjnho.

Loira disse...

Anónimo? Não conheço...
A outra situação conheço e lamento...

Mariah disse...

Estou contigo, adoro ver o povo contente, lol.
beijos e boa Páscoa.

. disse...

Eu cá, pura e simplesmente abomino anónimos maldosos. E tiram-me o sono, admito, porque simbolizam tudo o que não gosto no ser humano: falta de carácter, cobardia, maldade. Mas tenho pena deles porque há noite dormem enrolados na língua num banho de veneno. Pobrezitos. Também andou um célebre lá no meu post da licença que me brindou com um brilhante c `est la vie. Será o mesmo? Era rastrear-lhe o IP. De resto, tu tens muitaaa piada. E és nobre. Nos princípios e no coração. Obrigada. Estrelinha

. disse...

À noite sem agá, pois está claro... Estrelinha

Mãe Frenética disse...

Onde estao os cravos vermelhos?

125_azul disse...

Acho que o anónimo não era um senhor. Acho que é gaja e a Rita Lee tem um conselho para ela: não gosta? , diga não (não leia), mas seja educada, diga não, obrigada.
Quanto às contitas que te foram saltndo em cima, bem, volta e meia lá descobrimos que nem nos importamos muito que nos vão ao dito cujo, mas já agora, uns beijinhos também, sim, obrigadinha.
Tu benze-te, que isto vai de mal a muito mal e a tua amiga estrelinha aí está para provar que pode sempre piorar. Arre!!!
Beijinhos

Melões Melodia disse...

Acho muito bem que tenhas posto aqui estas flores, so que nao consigo ler nada!
Beijos

Melões Melodia disse...

Disseste que ja podia, mas continua tudo na mesma! :-P
Beijos

AEnima disse...

Sabes, não tenho qualquer simpatia por gente cobarde... desclassifico-os imediatamente como gente merecedora do meu tempo.

Beijinho e estamos à espera das tuas histórias hilariantes :D

Amélia do Benjamim disse...

:(
oO(I wonder, se o assunto não é do agrado, para quê ler e ainda escrever? Não compreendo...)