11/04/2008

Pergunta de retórica

Quem é que está a financiar a campanha de euh...(como é que se chamará aquilo? Só uma palavra me ocorre... digo? Não digo? Pronto, lá vai e seja o que deus nosso senhor quiser...) masturbação do governo (vulgo 'autoregozijo' pelo dito sucesso do pugrama Novas Oportunidades) que enche metade dos mupis de Lisboa?

4 comentários:

Luz de Estrelas disse...

Aquele programa em que as pessoas recebem diplomas só por existirem? Concordo que se aproveitem os saberes de cada um, certo, certíssimo, mas dar a escolaridade mínima só para as estatísticas é coisa muito perigosa. E subversiva. A maquilhagem é importante para o actual Governo. O Sócrates quer é dourar os números feios do analfabetismo e da falta de instrução. Mas mesmo nas gerações actuais, o ensino está em último lugar. Espera-nos uma horda de cidadãos deficientemente formados que serão MESMO o futuro do País. E se já com cidadãos mais ou menos "ensinados", o País está na decadência em que está, que fará depois. Hoje li uma boa... Os professores falam na "magalhisação" do ensino. Não cai que nem uma luva?

Monikyta disse...

e a proposta de aprovação de "não chumbos" até ao 9º ano?

mais facilitismo imposssivel e estou cm a luz, se isto agora com já tantos licenciaodos, está cm está, qd formos todos "senhores doutores", n sei cm ficará...


bj meu


ps: desculpa a intromissão. venho cá, mas nnc comento...n resisti a partilhar a "azia" :P

Cool Mum disse...

só vou ver amanhã...

Amélia do Benjamim disse...

Arrisco que sejas tu e eu...

Há cenas simples como esta, em português correcto: o professor chama para a sala e o aluno pergunta: Para??

Lindo, não é? :(