11/10/2008

É que é isso mesmo!

Leio o Shark há pouco tempo e ainda há menos tempo que ele sabe que o leio. Mas vejo-o assim como um tubarão com alma da golfinho. Duvido que seja capaz de morder quem quer que seja. Contudo, pelo pouco que sei, entendo que não é peixe que alinhe em cardumes e não confunde sardinhas com carapaus (muito menos se estes forem de corrida). Serve este pequena introdução para contextualizar a posta que li lá no charco e com a qual me identifiquei a 200%. Fala sobre uma série de atitudes que tenho observado na blogosfera e sobre as quais tenho pensado com alguma frequência, embora ainda não me tivesse dado para bota postadura sobre elas.

A primeira diz respeito à chamada moderação de comentários, seja lá a forma escolhida pelo 'dono do tasco'.
"A moderação de comentários é a forma híbrida de assumir uma caixa. Sim senhores, podem botar faladura mas como há quem se estique e porque manda quem pode só é publicado o que se quer, após aprovação dos donos da casa.
É assim que a coisa me soa e tresanda a lápis azul, qualquer que seja o malabarismo encontrado para o pintar de outra forma."

Pois bem, eu entendo que por vezes somos confrontados com autênticas manifestações de ódio nas ditas-cujas caixas, mas em casos extremos o 'dono do tasco' pode sempre eliminar o comentário. Sempre me pareceu que quem proteje demasiado o seu espaço dá ao ladrão a sugestão de que ali dentro deve haver coisas muito valiosas. Nunca me assaltaram em dias em que me esqueci de trancar as portas... Assim, excesso de segurança como a seca do reconhecimento de caracteres irrita-me sobremaneira (By the way, ó Manel, não tenho comentado lá no tasco por causa disso! Vê lá se tiras essa coisa! ;-).

Outra abordagem cada vez mais em voga é a eliminação pura e simples das caixas, algo que igualmente contraria a minha versão pessoal mas transmissível do que um blogue representa, mas que pelo menos é frontal na intenção de quem a adopta. Estou aqui para me oferecer ao mundo mas dispenso a sua retribuição, obrigado.

Pois eu também acho pena quando é assim. Por mais qualidade que tenha o que estou a ler - e muitas vezes é o caso - um blog unilateral dá-me a sensação incómoda de que os hipotéticos leitores não são considerados dignos de dar o seu feedback. A mim esta atitude parece-me desvirtuar a essência do blog que é a possibilidade de estabelecer um diálogo, seja qual for a temática abordada.

Outro aspecto frisado pelo Shark diz respeito às pessoas que, sendo comentadas, não respondem.
Sinto esta postura exactamente assim, arrogante e malcriada.

Os inúmeros e incontáveis sabem que raramente respondo directamente ao comentário na própria caixa. Mas sabem também que tento sempre retribuir a visita, sobretudo se se tratar de visitante novo, já que quem é da casa está à vontade para ir à cozinha e servir-se mas quem não merece que lhe façam as honras da dita. Isto da blogosfera é como na vida: se eu vou à tua casa também gosto que vás à minha. Se sou sempre eu a deslocar-me e tu não te dás ao trabalho de sair do teu reino, acabarei por cansar-me e deixarei de te visitar. Mesmo que me recebas bem. Por isso, acrescento à posta do Shark: quanto a mim não basta que o 'dono do tasco' me responda lá no espaço dele. Em última instância se me derem à escolha prefiro ser visitada. Daí ter optado aqui no tasco por esta fórmula em detrimento da resposta directa, já que a minha vida não é só isto - e a das outras pessoas também não, embora me aperceba de que há pessoas que parecem não fazer outra coisa... Mas isso são outros quinhentos...

16 comentários:

Luz de Estrelas disse...

Concordo em parte. Mas não totalmente. Já moderei a caixa de comentários e sabe Deus o extremo a que cheguei para ter de fazer isso. Se imaginares a blogos como um livro aberto, de gente que quer ser lida mas que não quer ser importunada, talvez a coisa faça mais sentido. E há pessoas que mais não fazem do que importunar, sobretudo nos ditos cujos blogs comerciais (no qual o meu não se insere). Vão lá só para meter veneno. Se tem piada no início, depois começa a meter nojo. É só ires à pipoca, à cocó ou a babyblogs muitíssimo comentados para perceberes que anda ali muito lixo. Mais vale haver porteiro, sinceramente. Quanto a responder e retribuir visitas, nem sempre uma coisa ou outra. Apesar de não ter centenas de comentários, não teria mãos. A não ser que me pagassem um salário para ler blogs. Mas, por exemplo, no meu outro blog, com um grupinho muito reduzido de comentadoras, eu lia blogs do género e fazia-e muita impressão que ninguém me respondesse. Em alguns casos, tem a ver com pura arrogância; noutros por putas falta de disponibilidade. Quanto à abolição total das caixas, não me agrada de todo. E já vi quem o tivesse feito, simplesmente por não tolerar uma opinião contrária.

ritmargaride disse...

Concordo com quase tudo, aqui dito e trancrito do tal "Charco". A verdade é que não dá para perceber até que ponto vai a vaidade e a perpotência de algumas pessoas no blogobairro. às vezes ao ler certas coisa dá a impressão que existe uma espécie de competição pelo blog mais comentado:( E alguns donos de tascos mais populares não se dignam a respoder ou retribuir visitas sabe-se lá porquê, mas isso a mim não me incomoda.
O meu blog é uma janela minuscula, um buraquito para a minha vida, escrevo nele como fazia em adolescente no meu diário, apetecia-me, lembrava-me ou simplesmente sentia alguma coisa e escrevia, meia duzia de linhas ou breves pensamentos. Mal de nós se o blog fosse tudo o que temos...
Bjkas

shark disse...

Venho apenas assinalar a nossa Real passagem por este reino vizinho, que a diplomacia é coisa séria e nós, Dom Shark I, pretendemos fomentar cordiais relações com base na reciprocidade sugerida neste post.

Publique-se.
:-)

Monikyta disse...

ora pois que aqui a je, só ultimamente é q tem comentado aqui neste canto e nem dá espaço para retribuição, pq é privada. E n é privada pq tem gd coisa a esconder...o problema é haver qm (me) conheça e resolva andar atrás da minha vida já q n consegue saber nada da minha boca. Dava mt mais trabalho, mudar de username e endereço....

eu gt de cá vir, mm q n me respondas ;)

bj meu

Silvia disse...

concordo e subscrevo

Loira disse...

Apercebi-me de todas essas coisas que falas assim q criei o meu segundo blog (o baby)... q dantes andava aí na blogosfera não baby e toda a gente me parecia simpática e admitia comentários de toda a gente e mesmo qd era controversa nunca me foram lá insultar. O fenómeno pode até estar alastrado a toda a blogos, mas, para mim, começou pelos baby.
Moderação nunca activei. Até pq acho q toda a gente tem direito a opinar e até agradeço, como sabes. Mas houve uma situação q me fez deixar de aceitar anónimos e nem teve nada a ver cmg. Foi qd foram para lá insultar e desejar todo o mal do mundo aquela gaija que falou mal dos blogs de infertilidade e dos babyblogs. Aquilo mexeu comigo. Percebi q este mundinho virtual tem muito de podre. A mim já me tinham deixado comentários anónimos e eu confesso: nunca os apaguei, nem sequer me afectaram, nunca respondi pq para mim as opiniões têm de ter um nome, um link, um mail... têm de dar direito de resposta. Há q ter coragem de assumir as opiniões. E eu que toda a minha vida tive de levar com as consequências do que digo, penso e faço, não admito que seja de outra maneira.

Blogs sem comentos só fazem sentido se forem privados, na minha humilde opinião.

beijo, gaja. Tenho saudades. Bora marcar uma janta num sábado?

Loira disse...

(desculpa os erros... mas já n vou emendar nada. vou é prá caminha)

Smas disse...

Concordo com quase tudo o que escreves e transcreves do Shark.
Tenho os comentários para quem lá quiser deixar opinião e já houve uns anónimos menos simpáticos, mas a minha família e alguns amigos também "opinam" e não têm blog.
Também tento retribuir as visitas embora ultimamente não o esteja a conseguir fazer que o malvado tempo não chega para tudo e os miúdos crwescem e precisam de ajuda nos trabalhos de casa e a casa precisa que se arrume umas roupitas e o trabalho cada vez é mais...Longe vai o tempo em que respondia a toda a gente. Além de que eu tenho dois blogs com pessoas muito diferentes...
Bjs

PS: Tinha visto mal as datas, tens o mês primeiro que o dia...

Cool Mum disse...

Pois eu entro, vou à cozinha e tiro uma bejeca do frigorífico.
:)
kiss

Luz de Estrelas disse...

eu escrevi putas no comment acima? Estás a ver para que serviria a moderação? LOLLLLLLL. Em que estaria eu a pensar?

calamity jane disse...

Ora agora vamos lá responder a esta gente toda... ;-)
Estrelinha: sempre foste um modelo de boa educação e boa vizinhança. Foste uma das minhas primeiras blogamigas e um dos primeiros blogs onde havia sistematicamente resposta para todos os comentários. Obviamente q dado o trâfego do teu tasco torna-se impossível dar resposta a todos. De qualquer forma, sei que pouco deve faltar para q o faças... E tenho para mim q se tiveres visita nova, fazes as honras da casa como fada do tasco q és... heheheh
E sim, disseste puta no coment de cima... e no de baixo também! Não t'acanhes, filha, q'aqui o tasco da Calamity é amigo do dicionário todinho ;-)

Rita: se temos blog, é porque desejamos de alguma forma falar para os outros; q haja pessoas q não têm tanto tempo como outras para andar de blog em blog, muito bem (eu própria tenho alturas) Mas q algumas façam questão de nunca descerem do seu pedestal irrita-me solenemente...

Dom Shark I, sereis sempre bem vindo ao reino vizinho e sim, "cordiais relações com base na reciprocidade" parece-me bem ;-)

Monikyta: pois é pena, lá está, embora entenda muito bem os teus motivos; qd resolveres dar-te ao trabalho referido, dá-me um sinal. Pareces-me cá das minhas...

Sílvia: bem vinda! Assim q tiver um bocadinho vou lá espreitar o teu tasco...

Loiraça boa: Já andava a estranhar a tua ausência aqui pelo tasco. Sim, janta, pequeno-almoço, qq coisa q já tou de ressaca das pontinhas!!! (Oube lá, bamos lá acima raptar a 5ª pontinha?) Fazes bem, na caminha é que se está bem!

Sandra! Nós vamo-nos vendo intermitentemente e acho q no final o balanço está equilibrado... E sim, já houve mais tempo e disponibilidade para os blogs. Tenho saudades, sabes?

Cool: E fazes muito bem! ó tempo que tens à-vontade pra isso. Tira duas... (e o nosso bio-cof???)

a todos e todas: beijos e abraços

Monikyta disse...

CJ: mt obrigada pela resposta :)

Se quiseres permissão para o espaço, manda mail para blogtenhodias@gmail.com.

Vais assim, sem compromisso.
Lá, não há moderação de comentários nem caixas de verificação de palavras. Como verás, tenho dias. Uns com maior ou menor interesse pq, mtas vezes, o lápis de censura vem de mim ;)

Bj meu

calamity jane disse...

Vou mandar, monikyta. Todos temos dias! E quanto a sermos o nosso próprio lápis azul... tenho uma grande experiência nesse domínio!

flores disse...

agora assim de repente lembrei-me dos velhinhos (será q ainda existem?) cartões da casa à porta da disco. :)

Cristina disse...

Por acaso, concordei com tudo. Mas percebo a moderação ou mesmo a ausência de comentários. Depende...

Bjos

Cristina

Anónimo disse...

Amiable post and this post helped me alot in my college assignement. Thank you seeking your information.