10/01/2008

Neo Calamitices (2 anos e 10 meses)

A minha filha é uma deslumbrada. De manhã quando saímos para a escola leva dez minutos a extasiar-se perante todos os cães, gatos, bebés, "sehois" e "senhoias", pedras da calçada, carros ("os carros fazem muito dói-dói!"), motas, contentores do lixo ou quaisquer outros objectos ou seres vivos que possamos encontrar pelo caminho. A palavra de ordem é "Olha mãe, um ..... (preencher com a palavra adequada)tão liiiindo!!!". Se se tratar de um cão ou gato (por algum motivo eu os coloquei ali acima à frente de todos os outros), de imediato a pergunta dispara: "Posso fazer festinhas, posso?". Se for bebé nem pergunta. Quase que trepa pelo carrinho adentro.
O fascínio pelas coisas simples da vida é tão grande que, no outro dia, depois de ter presenteado o bacio com um imponente cagalhão, chamou-me triunfante:
"Olha, mãe, que cocó tão liiiiindo!!!"

As conversas mais interessantes decorrem no carro onde se entretém a declinar o seu recém-descoberto manancial de questões existenciais. Monólogos nos quais demonstra um raciocínio lógico a toda a prova.

"Ó mãe, é de dia, agora, é de dia, não é de noite"

"Mãe, esta escola é muito gira, posso lá ir? (A escola nova dela)

Finalmente os nossos impagáveis diálogos

- Mãe, ê qué i pa casa da Paula...
- Porquê, filha, o que é que há em casa da Paula?
- Tá lá a Paula!


Eu (ainda) furiosa ao volante do carro depois de um trajecto de 5 minutos a descarregar as minhas contrariedades para cima das criaturas (períodos curtos mas durante os quais o Calamitoso Júnior já aprendeu à sua custa que o melhor é permanecer calado até o balão esvaziar) :
- Sou uma palhaça, eu,é o que é!
Ergue-se uma vozinha lá de trás:
- Ó mãe eu sou uma palhaça!..

10 comentários:

Luz de Estrelas disse...

AHAHAH. Que saudades de saber da mini- Calamity. Que deslumbramento, essas conversinhas. Confesso que estou a adorar esta fase. Não há dia em que não me ria com genuína vontade, por causa desse tipo de saídas. E uma fotinha para eu ver? Nada?

Cool Mum disse...

Very neo.
Que pena nao a ter visto no outro dia.
Sempre foste no Domingo?

Músico Guerreiro aka Melões disse...

Sabes o que te digo? que es uma sortuda e que tens uma oportunidade unica de reaprender a apreciar as coisas simples da vida desde o simples coco, passando por caes e gatos ate ao bebe no carrinho.
Beijos

Cristina disse...

Que gira. Se for tagarela como a minha Leonor, é de deixar-nos com os cabelos em pé!

Cristina

Madalena disse...

Estou derretida... UÁAAA! Eu quero ter uma neta assim! tenho para mim a teoria de que os deslumbrados são pessoas com muito alta propensão para a felicidade própria e incansáveis trabalhadores na construção da felicidade dos outros. Para além disso são sedutores irresistíveis ao lado de quem se está sempre muito bem. Parabéns, C Jane! A obra é tua. Olha que lindo post tu fizeste. Guarda-o para lho mostrares mais tarde. Beijinhos! Olha que lindos beijinhos!

Caracoleta disse...

Os diálogos são fabulosos!!!
A minha desde o seu primeiro cocó no pote que adora comentar o que faz, normalmente são famílias :)
Hoje ao jantar quase me entalei : "Oh mãeeee, puque é que as nuvens são bancas?" :SSSSSSS

Caracoleta disse...

Vou aproveitar a "boleia" da Comadre e vou pedir-te uma foto da tua pequenita, fiquei curiosa quando disseste há tempos que as nossas filha são parecidas. Se não quiseres mandar, amigas como antes ;)
Beijo

AEnima disse...

A tua miuda eh fabulosa. Faz-me crer que tu da idade dela serias algo parecido :)

Linda, estive em lx a semana passada de passagem. Tentei ligar 'a azulinha mas acho que o nr dela ja nao funcemina. E por muito que procure, nao encontro o teu. Devo-te ter gravado sob um pseudonimo que so eu dou as pessoas e depois esqueco-me :(

Tu tb nunca vens ao norte? Com trabalho e dois calamitosos pequenos deve ser dificil eu sei.

Mil beijinhosssssssssssssssssssssssssss cheios de energia como tu.

AEnima disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Amélia do Benjamim disse...

:D
Tá lá a Paula!:D
(adorei|)