4/30/2009

Não se sentem já que a leitura hoje é ali ao lado

(e desculpem-me desde já os inúmeros e incontáveis mas hoje em dia um contrato é coisa rara e eu tenho de justificar o meu...)

Já andava há algum tempo para a terminar, mas esta manhã, fui 'intimada' a fazê-lo. O registo é totalmente diferente, mas era inevitável que este delicioso naco de vida me remetesse para a série das sopeiras. O segundo capítulo já está disponível. Podeis lê-lo no curral. É um bom pretexto para vos convidar de novo a visitá-lo...

(O anónimo - ou seria anónima? - que esperou longos meses para me vir taxar outra vez de reaccionária é, obviamente, bem-vindo. Aliás, fiz questão de lhe dedicar a posta. E já agora, e porque vem mais do que a propósito, estão todos convocados para o Mayday, amanhã.)

6 comentários:

tereza disse...

Ah... encontrei!... E vou lá vê-lo.

Luz de Estrelas disse...

E gostei tb muito do texto do jornal.

CybeRider disse...

Olha CJ, aqui o 1º de Maio é meu.

Bom fds! :)))

escarlate.due disse...

uma pessoa anda sem tempo para nada e tu poes-me a saltitar de clique em clique que até me passo :)

ainda por cima trouxeste-me à ideia a empregada lá de casa dos meus tempos de miúda... :) xxxiiii o que ela sofria connosco :D

Monikyta disse...

é q vou já lá a seguir ;)

bj meu

Sinapse disse...

Reli o primeiro, também ... e deliciei-me all over again!